Hotel ou Hostel?

10.03.2015

 

Chegou a hora de reservar a acomodação da sua viagem... E agora, Hotel ou Hostel?

A pergunta parece simples, mas uma escolha equivocada pode fazer toda a diferença em sua viagem!

 

Qual é, basicamente, a diferença?

 

Hotel – oferece quartos reservados individualmente, muitos com o conforto de um banheiro próprio. Dispõe de um serviço mais impessoal e garante sua individualidade.

 

Hostel – oferece quartos múltiplos ou individuais, geralmente com cozinha e banheiro comuns, podendo dispor de algumas facilidades não encontradas em Hotéis e por um preço mais acessível. A origem da palavra é ambígua, mas em bom português quer dizer Albergue.

 

Se você acha que a diferença é simplesmente preço e a escolha está entre dormir em beliche ou em cama, se engana redondamente!

 

Além destas definições, você deve avaliar se está viajando a turismo ou a trabalho, se pretende curtir a cidade ou prefere descansar, se viajará sozinho ou não, etc.

 

Eu diria que uma real e mais justa definição dos dois seria esta:

 

Hotel – Oferece mais conforto e um quarto só para você – ou para quem estiver em sua reserva, podendo ter a comodidade de uma suíte. Estão perto de grandes terminais e garantem que você durma na hora que quiser e faça tudo no seu tempo. Bom para: viajantes que buscam descanso, viagens à trabalho, momentos em que você não quer interagir, viagens em família.

 

Hostel – Oferece acomodações em grupo (as individuais tendem a ter preço de Hotel), geralmente em beliches por preços acessíveis. Dispõe de áreas comuns onde você pode cozinhar (economizando idas a restaurantes), lavar sua própria roupa (dispensando caros serviços “por peça” em Hotéis), mas principalmente de COMPANHIA! A maioria das pessoas que estão em Hosteles são sociáveis e as salas comuns contam sempre com viajantes de diversos países, cheios de histórias na mochila, com as melhores dicas, possibilitando um maior intercâmbio cultural e mesmo parceria durante suas andanças, alguém para dividir despesas num Tour ou alguém para conversar quando estiver viajando sozinho. Além disso, tendem a ser menores que Hotéis, então podem estar bem próximos às atrações turísticas e dentro de áreas históricas. Bom para: Viagens Econômicas como Mochilões, estadas curtas, viagens sozinho, fazer amigos, trocar experiências, ficar na área social (evite ficar no quarto se não for dormir – há sempre alguém com Jet lag que pode estar morrendo de sono), são mais flexíveis e adeptos do DIY (faça você mesmo) - possibilitando uma experiência mais local e menos impessoal.

 

A acomodação pode determinar muito da sua experiência em uma viagem. Os Hosteles ganham espaço aos poucos no Brasil, mas já são opções tradicionais em diversos países, principalmente na Europa e Sudeste da Ásia, onde pular de país para país é fácil e viagens com múltiplos destinos são frequentes. Há ainda opções como os Boutique Hosteles que oferecem de quartos mais luxuosos a experiências de Spa e guias locais. Fique sempre atento ao que é oferecido na página da reserva e o que está ou não incluído tanto em Hotéis quanto em Hosteles! Se possível veja fotos e a avaliação de outros hóspedes.

 

Mochila nas costas, destinos escolhidos, acesse sites de busca confiáveis e caia no mundo!

 

Siga o Blog e curta Gui Por Aí no Facebook para acompanhar os próximos posts com dicas incríveis sobre Acomodação, Vida no Exterior e muito mais!

 

Participe e mande sua história ou suas dúvidas no e-mail abaixo

Please reload

  • Facebook Limpa
  • Instagram Limpa
  • Twitter Clean
DESTAQUE

Bolívia!

29.01.2016

1/10
Please reload

PARA IR ALÉM
PESQUISA
 POSTS RECENTES 
Please reload

ARQUIVO
Please reload

BUSCA POR TAGS